quinta-feira, 17 de maio de 2012

Diário de viagem


                 No dia 15 de maio passado, embarcamos para a Holanda no voo da TAP via Lisboa. Após uma noite inteira espremido em uma cadeira mínima, chegamos a Lisboa e embarcamos para Amsterdam também em um avião da TAP.  Não sei se é impressão minha, mas o avião de Lisboa a Amsterdam (muito menor que o me trouxe de Belo Horizonte) era muito mais confortável e espaçoso que o primeiro. A viagem foi maravilhosa e o visual fantástico: sobrevoamos os Montes Pirineus e seus cumes nevados, o canal da Mancha e o litoral da França, especialmente as praias da Normandia, onde aconteceu o Dia “D” em 1944 e também o Porto de Roterdam.
                Chegando em Amsterdam nos esperava o ônibus acima que nos levou a Terborg, onde fomos recepcionados pelas famílias que abrigam os atletas do Cruzeiro durante a sua permanência na cidade. Cada família recebe dois atletas.





                Hoje em Terborg aconteceu uma festa muito interessante que ocupou a rua principal da cidade, que tem 4.500 habitantes. Várias barracas foram montadas na rua e vendia-se de tudo! No início da rua, onde fica nosso hotel foi instalado um palco e vários moradores se apresentaram. Também no palco se apresentou a delegação do Cruzeiro que foi muito aplaudida. Essa política de hospedar os rapazes em casas de famílias é muito simpática e faz com que a cidade toda torça por nós.

                

                               Terborg é uma cidade muito antiga da Holanda e tem muita história. Fica a oito quilômetros da fronteira com a Alemanha (amanhã caminharei até a Alemanha!) e possui um povo muito alegre e comunicativo. Estou me comunicando com as pessoas em inglês e alemão. O idioma falado na Holanda se assemelha muito ao alemão e, como comparação, funciona como o espanhol se assemelha com o português. O hotel onde a comissão técnica está hospedada é bem antigo e acolhedor, com um belo restaurante repleto de quadros e esculturas. O revestimento interno do hotel e todo em madeira, o que favorece o aquecimento interno. Por falar em aquecimento, o clima aqui é bem frio. Apesar de estarmos na primavera, os dias têm a temperatura em torno de 10 graus Celsius.



               Hoje após a apresentação do Cruzeiro na praça principal, onde ocorria a festa, fomos para um campo de futebol para o primeiro treinamento da rapaziada de azul. É impressionante a estrutura para esportes para uma cidade tão pequenina. Só de campos de futebol contei cinco! Um campo de futebol para mais ou menos mil habitantes! A vida social das pessoas por aqui gira em torno dos esportes, o que é muito bom, principalmente para formação moral dos jovens.



               A comitiva do Cruzeiro veio sob a cura de nosso Vice-Presidente Márcio Rodrigues (Marcinho Và Benne), do Supervisor Médico Dr. Cesário Almada e do Presidente do Conselho Fiscal.
             Dentro do possível, postarei notícias e fotos todos os dias!


2 comentários:

  1. Pai, apareça mais nas fotos! POsta todo dia pq estou adorando os detalhes.

    Bjo

    ResponderExcluir